Ir para o conteúdo
ou

<span>bahia 1798</span>

Tela cheia

A Rede

12 de Julho de 2015, 21:45 , por Arthur de Moura Del Esposte - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1694 vezes

A Rede é composta por iniciativas de Mídias Livres mapeadas, aqui classificadas por Territórios de Identidade e Perfis de Conteúdos.
 

ENCONTRE AS INICIATIVAS POR:

 

Territórios de Identidade Perfis de Conteúdos

 Listagem completa 

 

ENTENDA O MAPEAMENTO

1º Etapa: Foram selecionados em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia; I) Iniciativas integrantes de Sistema Estadual de Cultura, contempladas no Fundo de Cultura, que utilizam a web via práticas de difusão de conteúdo e, ou, mobilização, a exemplo de: Pontos de Cultura, Jovens Multiplicadores e Representantes Territoriais; II) Participantes das Conferências Estaduais de Comunicação: comunicadores populares, comunitários, jornalistas, ativistas envolvidos nas lutas pelo direito à comunicação, experiências universitárias; III) Movimentos sociais, sindicatos, coletivos e demais experiências organizativas da sociedade civil.

2º Etapa: As iniciativas são contatadas por meios das redes sociais, e-mail e telefone, e estimuladas a responderem um questionário. O questionário tem os seguintes objetivos: I) Registrar os menismos de divulgação utilizados diretamente pelas iniciativas na web, inclusive redes sociais, sites, blogs e afins; II) Conhecer outras experiências que tais iniciativas reconhecem por compartilharem suas ações, e, ou, por serem referência na sua comunidade.

3º Etapa: Foi realizada uma triagem das iniciativas conforme os seis princípios midialivristas construídos pela Rede. Posteriormente são sistematizadas conforme a cidade, Território de Identidade, o perfil (vídeo, notícias, fotografia, ilustração, música, divulgação) e as ferramentas utilizadas.

 

PLATAFORMA

O objetivo da plataforma é agregar, organizar e compartilhar as iniciativas selecionadas em um ambiente constituído por tecnologias livres. Para isso, o portal utiliza a plataforma web livre Noosfero, desenvolvida pela Colivre – Coooperativa de Tecnologias Livres e está hospedada na rede Software Livre Brasil, também desenvolvida em Noosfero.